Dia 24 de fevereiro, dia em que se comemora a conquista do VOTO FEMININO no Brasil.

O voto feminino no Brasil passou a ser permitido oficialmente a partir do Código Eleitoral de 1932, decretado durante o governo de Getúlio Vargas. A luta por esse direito remonta ao século XIX e está diretamente ligada ao esforço feminista pela equiparação de direitos entre homens e mulheres.

O direito ao voto é um dos direitos mais importantes das democracias indiretas, uma vez que permite que as pessoas possam exercer a sua cidadania e tomar parte do processo político, elegendo seus representantes na política ou se candidatando aos cargos políticos disponíveis. No entanto, durante muito tempo, uma série de grupos presentes na sociedade brasileira não tinha acesso a esse direito e, portanto, não exercia a sua cidadania.

Um desses grupos eram as mulheres. O voto feminino só foi possível no mundo ocidental graças à muita luta das mulheres pela conquista desse direito. Não foi diferente aqui no Brasil, e mulheres de diferentes classes sociais, movidas pelo desejos de equiparação de direitos, esforçaram-se para conquistar espaço na política

#MaysaCunha


Quem conquistou seu espaço na política iporaense, foi a Vice-Prefeita Maysa Cunha, ela que se tornou a primeira mulher a ser eleita para ocupar uma cadeira no executivo de Iporá. Homenageando ela, queremos estender nossa homenagem a todas vocês mulheres iporaenses, que exercem de forma sábia seu direito a Democracia.

Dia 24 de fevereiro, dia em que se comemora a conquista do VOTO FEMININO no Brasil.

Fonte: Brasil Escola

Data de publicação: 24/02/2021

Compartilhe!