Aconteceu hoje na sede da Secretaria Municipal de Saúde de Iporá – GO, reunião com a presença dos coordenadores da vigilância ambiental, atenção básica, supervisores de área, técnicos da regional de saúde e do corpo de bombeiros deste Município. O objetivo da reunião foi traçar estratégias para o enfrentamento do Aedes aegypti no Município.

Dentro das estratégias apontadas, foi apresentado pelo Tenente Jarbas, a metodologia adotada pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Goiás para o combate ao Aedes aegypti, e apresentou também a nova planilha onde cada setor deste Município foi estratificado e informando o número de agentes de saúde tanto de endemias como os comunitários de saúde, serão necessários para realizarmos as visitas em cem por cento dos imóveis, residências, terrenos baldios e comércios do município.

Nesta reunião ficou decidido que os agentes irão realizar uma média de cinquenta visitas domiciliares cada um por dia, e que segundo o levantamento realizado em até doze dias uteis fecharemos todo o município de Iporá, ou seja, conseguiremos realizar visitas em 100% dos imóveis e posteriormente os agentes retornarão as suas atividades de rotina.

Decidiram ainda que as visitas domiciliares serão realizadas por equipe de saúde da família e por micro área de cada agente comunitário de saúde em forma de mutirão, cobrindo desta forma as áreas descobertas de agentes de saúde, até que sejam concluídas todas as áreas das oito unidades do programa de saúde da família, estratégia está já adotada em anos anteriores e que tiveram bons resultados.

As datas programadas para as ações neste ano de 2018 foram:

  • Durante o mês de outubro durante os dias 23 á 31/10/2018 – uma vez que as ações já foram iniciadas, mudando a metodologia do trabalho somente.
  • Durante o mês de novembro durante os dias 05 á 16/11/2018.
  • Durante o mês de dezembro durante os dias 03 á 14/12/2018.

Para a secretaria de saúde Daniela Sallum, conhecer o ciclo de vida e dos hábitos do mosquito é importante para prevenir. “É importantíssimo eliminar os focos para que possamos controlar a sua reprodução e a sua proliferação, sendo essa a melhor forma de evitar as doenças que o mosquito Aedes causa. Não adianta o poder público se desdobrar, dar o seu melhor se a sociedade não colaborar. O Aedes já fez várias vítimas em nosso município, vamos cada um fazer a sua parte ”. Agradece a todos os servidores envolvidos e pede a sociedade que colaborem com o poder público.

Fiquem atentos! O período chuvoso está de volta, e o mosquito da Dengue entra em ação, vamos continuar firmes junto com a Prefeitura Municipal na luta contra esse mal. Faça sua parte, ajude a combater o mosquito. Colabore também não colocando o lixo em árvores, ou nos canteiros centrais, utilize as lixeiras da Prefeitura ou Particulares. FAÇA A SUA PARTE!

Prefeitura Municipal de Iporá…O FUTURO É AGORA!