Este é o slogan da campanha de conscientização lançada para conscientizar a todos sobre a importância da economia de água em tempos de seca ou de chuva.

Em tempos de escassez de água e preocupação com o meio ambiente, é sempre necessário estar atento à economia e uso racional desse precioso bem.

Pensando nisso, a Prefeitura de Iporá, através da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SEMMADES, continuam as companhas para que toda a população possa economizar água e ainda conscientizar seus servidores e colaboradores. Faz toda a diferença ter como hábito medidas simples ao usar os banheiros, como fechar a torneira ao escovar os dentes ou ao ensaboar as mãos, por exemplo.

Essa campanha que tem como tema: “Economizar Água. Não desperdice essa ideia”.

Uso sustentável

Tanto cidadãos quanto empresas e instituições devem promover o consumo racional de água. A gestão sustentável desse bem é condição fundamental para que a sociedade supere a ameaça do déficit hídrico e a queda da qualidade da água em muitas cidades.

É no verão que mais se sente a falta da água. Com as temperaturas elevadas, o consumo aumenta drasticamente e muitos acabam sofrendo com a escassez ou o racionamento.

E para abordar esse assunto que já é recorrente na vida dos Iporaenses, a Prefeitura de Iporá mobiliza junto população a campanha de Consumo Consciente, que tem como objetivo estimular a população a fazer o uso racional, e inteligente, deste bem tão precioso. As ações desenvolvidas mostram que quando a água é desperdiçada em um momento, ela acaba faltando em outro.

Escovar os dentes de torneira fechada, lavar o carro usando o balde ao invés de mangueira, e tomar um banho rápido são algumas medidas que devem ser tomadas para evitar o desperdício de água. Ter essa consciência pode ajudar a mudar a realidade de muitos que sofrem com a falta desse líquido tão necessário. Esse é um dos objetivos pelo qual a Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Mundial da Água, 22 de março de 1992.

Ao criar esse dia, a ONU pretendia gerar nas pessoas reflexão, análise, conscientização e fazer com que elas aprendam a ter atitudes para resolver o problema da falta de água. A escassez de água não é real para muitas pessoas. Talvez esse problema esteja longe de muitos e, por isso, eles acreditam que a água não irá acabar. Com isso, uma boa parte da população acaba não economizando.

 Segundo o Secretário de Meio Ambiente Alexandre Teixeira Lopes, a questão cultural também influencia a população a não poupar água. “Há muitos lugares que não tem o hábito de economizar. Em fazendas e sítios, por exemplo, nunca houve falta de água. E por isso, é complicado falar sobre economia para quem nunca teve consequências decorrentes a falta de água”, aponta.

Apesar disso, com tantas informações, palestras e campanhas de conscientização, Alexandre crê que as pessoas mudarão. “Há cinco anos não existiam as modificações que são feitas hoje”.

“As casas, prédios e construções com capitação de chuva, por exemplo, é um sinal que as pessoas estão mudando e que há uma preocupação em preservar a água. Porém, ainda há muito que melhorar”, declara o Engenheiro Florestal.

Em relação à importância de poupar água, a opinião do Secretário se assemelha com a do Prefeito Naçoitan Leite. Ele conta que a melhora só acontece depois que a população se conscientiza e aprende a economizar. “As pessoas podem contribuir evitando o desperdício de água com pequenas mudanças no cotidiano, sejam em suas casas, propriedades ou estabelecimentos comerciais”, exemplifica.

Naçoitan ainda explica que é possível reciclar a água, não para beber, mas para irrigar um jardim, dar descarga nos vasos sanitários, lavar carros e até usar a água para lavar calçadas.São pequenos gestos que irão fazer a diferença para o nosso município de Iporá”, afirma o prefeito.

A atual escassez de água tem deixado em alerta autoridades e a população. Com essa preocupação, o Prefeito Municipal buscará mobilizar uma reunião com o dirigente regional da SANEAGO, parte de seu secretariado, os vereadores, dentre outros agentes envolvidos para discutir a situação do abastecimento de água no município.

Para o Prefeito Municipal Naçoitan Leite, apesar da baixa vazão do Ribeirão Santo Antônio que abastece a cidade, não será preciso fazer rodízio de abastecimento, desde que a população comece a ter mais consciência do problema da falta de água em meio à crise hídrica que tem afetado Iporá e região.  “Está afastada a possibilidade de um racionamento nesse momento”, afirmou Naçoitan.

A partir da realização desta reunião, o Prefeito Municipal propõe discutir a redução do consumo de água na cidade e quais medidas podem ser tomadas de imediato.

Para tanto, a Prefeitura em parceria com a SANEAGO e o corpo de secretariado envolvido tem como proposta trabalhar está Campanha de Conscientização junto à população, às escolas municipais, igrejas, e funcionários da prefeitura em geral.

Para o Chefe do Executivo, “é necessário que cada cidadão faça a sua parte e ajude-nos a educar e conscientizar as pessoas ao seu redor que estão fazendo mau uso da água, como por exemplo, o vizinho que está lavando a calçada, o quintal, o carro, enfim, porque acreditamos orientar corretamente, contudo não é possível aconselhar e vigiar a todos sem a ajuda dos envolvidos”, ressaltou.

“Estamos trabalhando a orientação sobre o uso da água para a população de Iporá, principalmente para as nossas crianças. Penso não ser um momento só de criticar, e sim um momento de unir forças, agir consciente e respeitar o próximo”, finalizou o secretário de meio ambiente Alexandre Teixeira Lopes.

 ÁGUA

A água é um recurso natural precioso, essencial para a nossa sobrevivência.

Milhões de litros de água tratada pingam das torneiras todos os dias e não são utilizados no consumo.

No Brasil o desperdício de água é muito grande em razão do mau uso deste recurso.

ECONOMIZE ÁGUA. EVITE O DESPERDÍCIO.

  • Lavando as mãos, escovando os dentes ou fazendo a barba – não deixe a torneira aberta, você economizará de 12 a 80 litros de água.
  • Torneira fechada – com a torneira aberta, você gasta de 12 a 20 litros de água por minuto. Uma torneira pingando uma gota a cada 5 segundos representa mais de 20 litros de água desperdiçados em apenas um dia. Feche bem a torneira após o uso.
  • Descarga – uma descarga quando acionada, por seis segundos, consome de 6 a 10 litros de água. Aperte a descarga apenas o tempo necessário. Evite pressionar a válvula sem necessidade.
  • Bacia sanitária – evite entupimentos e desperdício de água, não jogue lixo na bacia sanitária (papel higiênico, fio dental, cabelos, cigarro). Lugar de lixo é no lixo.
  • Não tome banho demorado – 5 minutos de chuveiro ligado liberam, em média, 60 litros de água; 20 minutos consomem 120 litros. Reduzindo 1 minuto do seu banho você pode economizar de 3 a 6 litros de água.
  • Desligue o chuveiro quando estiver se ensaboando.
  • Antes de imprimir, pense em seu compromisso com o Meio Ambiente.
  • Antes de lavar a louça, limpe bem os restos de comida, deixando-a de molho por alguns minutos, facilitando a limpeza da sujeira. Desligue a torneira enquanto estiver ensaboando a louça e use água corrente apenas para enxaguar.
  • Evite lavar calçada – faça a limpeza com vassoura e se necessário, utilize água em balde, preferencialmente, a água que sobrou da lavagem das roupas, do tanque ou da máquina de lavar roupas. Usar a mangueira como “vassoura” durante 15 minutos pode desperdiçar cerca de 280 litros de água.
  • Não lave o carro com mangueira – utilize balde e pano.
  • Jardins e Plantas – durante o verão, regue as plantas pela manhã ou à noite e durante o inverno, pela manhã, em dias alternados. Molhe sempre a base das plantas e não as folhas.

Você sabia que a média de desperdício é:

  • Torneira gotejando 46 litros/dia;
  • Escovar dentes 5 min torneira meio aberta 12 litros;
  • Lavar louça torneira meio aberta 110 litros;
  • Lavar carro com mangueira 560 l/30 min;
  • Lavar calçada com mangueira 280 litros;
  • Banho de 15 minutos chuveiro elétrico 144 litros;
  • Segundo a ONU – Organização das Nações Unidas cada pessoa necessita cerca de 110 litros de água por dia para atender as necessidades de consumo e higiene.
  • No Brasil estima-se que cada pessoa consome 250 litros de água/dia

 

Fiquem atentos! O período chuvoso está de volta, e o mosquito da Dengue entra em ação, vamos continuar firmes junto com a Prefeitura Municipal na luta contra esse mal. Faça sua parte, ajude a combater o mosquito. Colabore também não colocando o lixo em árvores, ou nos canteiros centrais, utilize as lixeiras da Prefeitura ou Particulares. FAÇA A SUA PARTE!

Prefeitura Municipal de Iporá…O FUTURO É AGORA!